Polícia apura quem ateou fogo em ônibus

0
O fato aconteceu dia 27 de março (Foto: Arquivo Infonet)

A polícia já deu início as investigações para apurar o incêndio a um ônibus da linha Circular Shopping ocorrido no dia 27 de março, na rua Aloísio Campos, no bairro Coroa do Meio.

O caso está a cargo do delegado Valter Simas da Delegacia de Turismo (Detur) que já ouviu algumas testemunhas, na tentativa de identificar os culpados pelo crime. “Já ouvimos o motorista e uma passageira do ônibus, mas até agora não podemos afirmar nada. Segundo testemunhas, foram três homens que entraram com facas no ônibus, anunciaram o assalto, levaram R$ 200 reais do ônibus e antes de saírem, atearam fogo”, informa o delegado.

Indagado quanto aos motivos que levaram os suspeitos a atearem fogo no ônibus, o delegado diz que o que há de fato são informações passadas pelas testemunhas. ”Eles [testemunhas] falaram que um rapaz tinha sido alvejado e como o atendimento tinha demorado, eles [suspeitos] decidiram atear fogo, mas por enquanto não sabemos se essa vítima seria parente de um deles ou não”, diz.

Por conta do fogo, a câmera de segurança do veículo ficou totalmente destruída. O próximo passo é saber de onde os três rapazes conseguiram gasolina para atear fogo no veículo. “Já ouvimos alguns frentistas e queremos saber em qual posto os suspeitos compraram gasolina para atear fogo no ônibus”, afirma o delegado.

Até o momento, a polícia ainda não tem pistas do paradeiro dos suspeitos de terem ateado fogo no ônibus.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários