Polícia Civil transfere presos para penitenciárias

0

Mais duas Delegacias Regionais da Polícia Civil tiveram celas desocupadas nesta terça-feira, dia 29. Foram transferidos 29 homens que estavam custodiados nas duas unidades, sendo 15 no município de Propriá e 17 em Maruim. Todos irão aguardar seus julgamentos em unidades da região metropolitana de Aracaju.

Segundo a delegada Roberta Fortes, da Regional de Propriá, os presos passaram por exames no Instituto Médico Legal (IML), em Aracaju, e foram encaminhados ao Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão, e à Cadeia Pública Territorial de Nossa Senhora do Socorro.

As operações são uma parceria entre as Secretarias de Estado da Segurança Pública (SSP) e da Justiça e Cidadania (Sejuc). São empregados em cada ação 30 integrantes da Polícia Civil, mais dois ônibus e sete carros. Cada preso é revistado na delegacia, encaminhado para exames e levado ao presídio.

Evitar fugas

Ainda de acordo com a delegada Roberta Fortes, o objetivo do Governo de Sergipe é retirar primeiro os custodiados mais perigosos e que apresentam maior probabilidade de fuga, seja das delegacias distritais ou das especializadas, localizadas na capital e no interior.

Roberta também afirmou que a Polícia Civil e a Polícia Militar continuam fazendo buscas aos detentos qu econseguiram escapar ontem, 28, da delegacia de Propriá. “É possivel que eles temiam ser transferidos e aproveitaram para quebrar uma barra da cela e escapar pelo teto”, declarou

Eles foram identificados como: Rogério Santos Rodrigues, Edilson Vieira dos Santos, José Alfredo de Oliveira. Márcio Moreira Santos Feitosa, José Wagner Araújo Santos, Leonildo Balbino dos Santos e José Adilson.

Com informação da SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais