Polícia conclui investigação da morte de chinês

0

Chinês Lou K. Chiang, 55 anos, foi morto em 23 de novembro (Foto: Portal Infonet)
Concluído o inquérito que acabou na morte do chinês Lou K. Chiang, 55 anos, ocorrido no dia 23 de novembro de 2010 dentro da residência onde ele morava, situada na rua da Lambança, na Praia de Atalaia Nova, município de Barra dos Coqueiros. Após dois meses de investigações, um dos suspeitos de ter cometido o assassinato foi identificado por Michel James Barreto Araujo, 34 anos, e preso na tarde da última sexta-feira, 28, pela Polícia Civi,l em uma oficina localizada no bairro Coroa do Meio.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa da Polícia Civil (DHPP) concluiu que o empresário foi vítima de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. “O outro acusado é Antônio Jorge Barreto Menezes, 36 anos, que está foragido e já chegou a ser detido por uma semana após o crime, mas acabou solto por decisão de um habeas corpus concedido pela justiça”, diz o delegado, ao acrescentar que os acusados são primos.

Residência onde o chinês foi encontrado morto (Foto: Portal Infonet)

Segundo o delegado Everton Santos, foram utilizadas escutas telefônicas para se chegar até Michel James. Ainda de acordo com Everton Santos, o foragido Antônio Jorge é filho de uma funcionária da vítima e que por conhecer a rotina da residência do chinês, sabia onde a vítima guardava o dinheiro e que por isso tinham facilidade no acesso à residência do empresário.

A polícia continua na captura de Antônio Jorge Barreto Menezes, 36 anos.

Caso

Lou K. Chiang, 55 anos, foi encontrado morto dentro de casa, na manhã do dia 23 de novembro, com sinais de estrangulamento e com ferimento feitos por arma branca. O crime aconteceu na rua da Lambança, na Praia de Atalaia Nova, município de Barra dos Coqueiros.

Comentários