Polícia continua investigação de Chacina

0

Dupla de pistoleiros ainda não foram ouvidos
A Polícia ainda continua as investigações sobre o caso da chacina que aconteceu em 2009, no município de Itaporanga D’ajuda, a 29 km da capital. De acordo com o delegado André Baronto, nem o pistoleiro acusado de praticar o crime, Luciano Barros da Silva, nem o ‘Gaia’ preso em Mato Grosso, foram ouvidos.

“As investigações irão continuar e eles terão de ser ouvidos. Ainda não temos nenhuma novidade sobre o caso”, ressalta o delegado.

Chacina

Em 28 de outubro de 2009, quatro corpos foram encontrados em veículo próximo ao povoado Minante, em Itaporanga. Dois estavam na carroceria do veículo e os outros no banco traseiro. Em novembro, o pistoleiro Cícero da Silva foi preso em Japoatã, sendo acusado de ser o executor da chacina.

Neste dia 15 de outubro deste mês, a polícia executou a prisão do segundo acusado, identificado como Luciano Barros, no município de Arapiraca, em Alagoas.

Comentários