Polícia de SE desarticula quadrilha em GO

0

Quadrilha foi desarticulada em Goiás
Capturar uma quadrilha especializada em arrombamentos de cashs e captação de senhas era uma missão tão difícil que a Polícia Civil (PC) batizou a operação de ‘Labirinto’. Foram quatro meses de investigações, mas o trabalho policial teve desfecho positivo e na manhã desta quinta, 20, foram apresentados seis membros do grupo, presos no interior de Goiás.

José Carlos Lacerda Leite, Nivaldo Nogueira da Silva, Paulo Sérgio Bartelli, Alex Sandro Bispo, Tiago Bispo e Wagner Gomes foram presos pela polícia sergipana na cidade de Valparaíso (GO) e em Taguatinga (DF). Outros dois homens do bando foram presos em Paulista (PE) quando se preparavam para roubar uma agência bancária do município. Nenhum deles é sergipano.

Grupo agiu quatro vezes em Sergipe

Delegados João Batista e Cristiano Barreto falaram sobre a operação
Foram identificadas quatro ações da quadrilha em Sergipe (Porto da Folha, Propriá, Aracaju e Nossa Senhora das Dores). “Mas eles não se instalaram no estado para praticar todos esses roubos. Por exemplo, eles praticavam um roubo na Bahia, depois um em Sergipe, daí iam para outros estados, e então retornavam no sentido inverso”, diz o delegado Thiago Cahino.

Essa dinâmica criminosa do grupo, que envolveu 16 agências bancárias, em não praticar arrombamentos e captações de senhas em série num único estado, era uma estratégia para despistar a polícia.

Segundo a PC, não é possível especificar o tempo de atuação da quadrilha nem o rendimento financeiro proporcionado pelos crimes. “Mas era muito dinheiro. Só em um final de semana, eles conseguiram levar R$ 800 mil de um banco em Pernambuco”, exemplifica o delegado Cristiano Barreto, também envolvido na operação.

PF de olho na quadrilha

O dinheiro era empenhado na compra de imóveis e carros, aquisições que permitiam que os bandidos se apresentassem como comerciantes dos ramos imobiliário e automobilístico. Os indícios de lavagem de dinheiro e sonegação fiscal chamaram a atenção da Polícia Federal (PF) que já manifestou interesse no caso.

José Carlos Lacerda Leite, Nivaldo Nogueira da Silva, Paulo Sérgio Bartelli, Alex Sandro Bispo, Tiago Bispo e Wagner Gomes foram presos pela polícia sergipana na cidade de Valparaíso (GO) e em Taguatinga (DF). Outros dois homens do bando foram presos no último fim de semana em Paulista (PE) quando se preparavam para roubar uma agência bancária do município.

Os acusados são dos estados da Paraíba, Santa Catarina, Pernambuco, Goiás e Distrito Federal. Apesar de alguns negarem participação, o delegado Cristiano Barreto diz que as provas são robustas. Eles ficarão detidos de forma provisória no Comando de Operações Especiais (COE).

Por Glauco Vinícius

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais