Polícia estima 600 participantes no 4ª Acorda Aracaju

0
Participantes atearam fogo em via transversal da avenida Tancredo Neves (Foto: Portal Infonet)

Após o encerramento do ato 'Acorda Aracaju', iniciado na tarde desta terça-feira, 2, a Polícia Militar (PM) estima que 600 pessoas tenham participado do manifesto. A informação é do assessor de comunicação da PM, tenente-coronel Paulo Paiva, que considera a manifestação como pacífica. Paiva salienta que o número de manifestantes caiu bastante em relação aos atos anteriores.

O representante da PM afirma ainda que apenas dois incidentes foram registrados, e que quatro pessoas foram presas. Tacizo Lima de Oliveira, 29, foi detido após ser pego em flagrante enquanto depredava a guarita do Centro Administrativo (Prefeitura), por volta das 15h30.

Foram presos ainda Saulo da Silva Santos, de 24 anos; Josi Jonatas Santos, de 21; e Julian Santana Silva, de 22. Os três foram detidos na avenida Tancredo Neves por incitar a violência entre os manifestantes, chutando veículos e realizando atos hostis. Um dos jovens portava uma garrafa de bebida alcoólica. "Não sabemos se ela seria usada para consumo próprio ou como combustível", afirma Paiva. Todos os acusados foram encaminhados para a 1ª Delegacia Metropolitana.

Ainda segundo o PM, apenas 1/5 dos manifestantes permaneceu concentrado sob o viaduto do Distrito Industrial de Aracaju (DIA) para a aula pública que encerrou o ato. “O fogo iniciado no local será debelado, e o trânsito, restabelecido”, encerrou.

Por Nayara Arêdes e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais