Polícia fecha bar que funcionava como ponto de drogas no Japãozinho

0

Drogas e arma foram apreendidos
A polícia preendeu na tarde desta quarta-feira, 26, o vigilante Marcel Santos, 23 anos, conhecido como ‘Chico’ e a dona de um bar Maria da Conceição Cabral Santos, 49 anos, conhecida como ‘Ceiça’. Eles são acusados de tráfico de drogas. Foram encontradas no “bar da Ceiça”, no bairro Japãozinho, um revólver calibre 38, quatro munições, um celular, uma trouxa com cocaína, 90 petecas da droga que seriam vendidas a R$ 10, além de 48 cápsulas conhecidas como escama de peixe que são vendidas a R$ 50 a unidade. A prisão foi realizada pelo Grupamento Tático de Motos (Getam) que chegou até o local por meio de denúncias.

De acordo com o 1º sargento Anderson Brito, responsável pela

Marcel foi preso em flagrante acusado de tráfico de drogas
operação  o bar era usado como ponto de venda de drogas. “Chegamos lá e flagramos o Marcel com o revólver. Nós ficamos um pouco preocupados porque ele há uns meses atrás fez um curso de vigilante e poderia até a reagir. Quando entramos no bar fomos até o quarto da Conceição e encontramos a droga, também foi encontrada mais droga na casa do Marcel que ficava no fundo do bar”, contou.

Por Bruno Antunes





Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais