Polícia impede assalto a bancos em Itaporanga

0
Entre o material apreendido, estão armas de grosso calibre, luvas, explosivos e drogas (Foto: Portal Infonet)

A Polícia Civil neutralizou, durante a tarde da última quinta-feira, 17, uma associação criminosa especialista em roubos a bancos e tráfico de drogas. Os membros se alojavam em dois pontos: um na cidade de Itaporanga D’Ajuda, no povoado Sapé e na Praia do Abaís, em Estância.

O grupo, composto por aproximadamente 10 integrantes de estados dos estados de Sergipe, Paraíba e Pernambuco, pretendia realizar o primeiro de uma série de assaltos a agências no município ainda ontem.  Quatro deles foram presos, todos sergipanos: Vinícius Augusto Bispo Oliveira, de 26 anos; Iuri de Souza Almeida, conhecido como ‘Brió’, de 21; Carlos Marcos Dantas da Silva, 41; e Beatriz Cruz Fontes, de 32 anos.

Miguelitos são utilizadas para furar pneus (Foto: Portal Infonet)

Com a quadrilha, foram apreendidos diversos materiais, como ferramentas, balaclavas, armas de grosso calibre, munições, coletes, explosivos, cinco tabletes de maconha e 24 baldes de miguelitos, artefato utilizado para furar pneus. Dernival Eloi, diretor do Complexo de Operações Especiais (Cope), detalhou como ocorreram as prisões. “Houve um trabalho conjunto com o Departamento de Narcóticos (Denarc). As investigações duraram cerca de três meses. Soubemos do outro grupo que ficava na Praia do Abaís. Eles são oriundos de outros estados, possuíam contatos aqui”.

Dernival Eloi, diretor do Cope, deu detalhes sobre a operação conjunta com o Denarc (Foto: Portal Infonet)

A delegada Danielle Garcia, do Denarc, explicou que as investigações começaram por suspeita de tráfico de drogas. “Identificamos uma quadrilha enorme, e percebemos que eles já se preparavam para realizar assalto a bancos. Juntamos as equipes e decidimos fazer a operação. Perdemos alguns alvos, mas o importante era evitar o assalto a banco”.

Os foragidos que foram identificados até o momento são Jonatas Tenório da Silva, de 35 anos, o ‘Chaparral’, foragido do sistema prisional de Pernambuco, Ubatan Pereira da Silva, 21, natural da Paraíba, além de um adolescente de 16 anos.

Delegada Danielle Garcia, do Denarc, contou que investigações começaram por suspeita de tráfico de drogas (Foto: Portal Infonet)

A Polícia dará prosseguimento ao inquérito para localizar os outros suspeitos de integrar a associação criminosa e identificar outros envolvidos. A população pode ajudar fornecendo  informações através do Disque Denúncia 181.

Por Victor Siqueira

Comentários