Polícia prende 40 pessoas por ‘jogo do bicho’

0
Polícia apreende maquinetas e dinheiro (Fotos: Portal Infonet)

Mais de 70 pessoas, entre homens e mulheres, foram detidas nesta sexta-feira, 21, em alguns municípios sergipanos, em operação especial desencadeada pela Polícia Civil para combater o ‘jogo do bicho’. São pessoas que estavam com maquinetas de apostas em pontos estratégicos da capital e de algumas cidades do interior atraindo a clientela.

Em Aracaju, cerca de 40 pessoas foram encaminhadas à Delegacia Plantonista entre o final da tarde e início da noite desta sexta-feira. Elas prestam depoimento, assinam termos circunstanciados e são liberadas, mas vão responder a processo judicial por contravenção penal. Nesta operação, a polícia apreendeu maquinetas que emitem bilhetes de aposta eletrônico, dinheiro e cópia dos recibos. O volume de dinheiro apreendido ainda está sendo calculado.

Os procedimentos foram conduzidos pela delegada Danielle Garcia, titular do Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária (Deotap). Como se trata de crime de menor potencial ofensivo, a pena é pequena, com menos de dois anos de detenção e, geralmente, transformada em doação de cestas básicas, multa e prestação de serviços à comunidade. “É como se o crime compensasse”, considera a delegada.

Termos assinados e produtos apreendidos

A delegada observa que a polícia atua realizando os procedimentos, mas logo as mesmas pessoas voltam às ruas para cometer a mesma contravenção penal. As pessoas que foram encaminhadas à Plantonista não querem ser identificadas, mas explicam que encontram no jogo do bicho uma alternativa de renda já que não encontram outras opções de trabalho. “A gente procura emprego e não encontra, então não é nada de mais fazer o jogo”, diz uma mulher.

O advogado João Guilherme está acompanhando as pessoas detidas. Ele não informou o número de pessoas que pretende defender. “Me solicitaram aqui para acompanhar os depoimentos. Depois que eu ler os termos é que vou definir quem vou defender ou não”, informou o advogado.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais