Polícia prende acusado de homicídio

0

No último dia 18, após longo período de investigação, a polícia prendeu Luiz Carlos Lima, de 21 anos. Ele estava escondido em uma casa, no bairro Fernando Collor, em Nossa Senhora do Socorro, que segundo a polícia servia de ponto de apoio. No local foram apreendidas três motocicletas. Luiz Carlos é acusado de fazer parte de uma quadrilha composta por cerca de 11 pessoas. Dentre os crimes cometidos estão as acusações de três homicídios cometidos no dia 8 de novembro de 2004, no bairro Santa Maria. Alem de, assalto à agência dos Correios, localizada na avenida Maranhão; à Pizaria Forno a Lenha; ao bar Parati e o Habeas Beach no final do ano passado.

Segundo o coordenador das delegacias da capital, delegado Alessandro Vieira, quatro integrantes da quadrilha já foram presos anteriormente, um foi preso nesta semana e outros cinco estão foragidos. Seus nomes são: Cleverton Santos Lima, 23, vulgo Clevinho; Augusto César Lima, o “César Negão”; José Cléber Ferreira Soares, 29, o “Gago” e “Tom-Tom” José Márcio dos Santos. Vieira informa ainda que a quadrilha é responsável por 80% dos assaltos a residência de Aracaju, tendo em seis meses assaltado mais de 50 casas, roubando pertences e fugindo com os carros das vítimas.

Dos quatro foragidos, dois são líderes da quadrilha e irmãos de Luiz Carlos. O delegado Alessandro Vieira declarou que eles são extremamente perigosos. Na tentativa de capturá-los a polícia está divulgando a imagem deles na imprensa, na esperança de que a população os denuncie. Um outro membro da quadrilha, o Tom Tom, acusado de tráfico de drogas, homicídio, estupro e roubo. Além de José Cleber, o Gago, fugitivo da Casa de Detenção de Aracaju.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais