Polícia prende homem acusado de clonar cartões de crédito

0

A polícia sergipana conseguiu prender Antônio Jorge Souza Santos, 52 anos, natural do Rio de Janeiro, acusado de clonar cartões de crédito no Estado. A prisão foi efetuada pelo delegado Washington Susumo Okada, que já estava investigando o caso há nove meses, desde que prendeu vários cartões de crédito falsos em poder de um homem chamado Gilvan dos Santos. Na época, a polícia tinha informações que o falsificador utilizava um veículo Saveiro de cor branca. Através desse dado, os investigadores encontraram o carro, que estava exposto à venda em uma loja de veículos usados e, em seguida, ao próprio Antônio Jorge, que vivia em um apartamento no bairro Atalaia. Segundo a polícia, o acusado descobriu que o cerco para sua captura estava sendo fechado e tentou fugir. Os policiais conseguiram deter Antônio Jorge nesta terça-feira, dia 11, enquanto ele tentava chegar ao Aeroporto de Aracaju. No apartamento do acusado, a polícia encontrou um maquinário, próprio de uma indústria de falsificação de cartões, instalado em um dos quartos e na sala. Além de um grande número de cartões falsificados e mais de mil cartões virgens. O delegado Washington afirma que apesar de ter encontrado somente esse falsificador, várias pessoas devem estar envolvidas no crime, pois Antônio Jorge vendia cartões para diversos Estados do Brasil, pelo preço mínimo de R$ 250. Uma caixa do Sedex, endereçada a um cliente de Aracaju, também foi apreendida. Os investigadores estão avaliando se a identidade de Antônio Jorge é verdadeira.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais