Polícia prende homem acusado de furtar joias da jornalista Ana Alves

0
Polícia Civil cumpriu mandado de prisão contra suspeito por furto de joias de jornalista (Foto: SSP/SE)

Na manhã desta quinta-feira (4), na Grande Aracaju, policiais lotados na 4ª Delegacia Metropolitana de Aracaju deram cumprimento ao mandado de prisão preventiva contra Roberto Oliveira Santos Junior, conhecido como Darold. Ele é investigado pelos furtos de joias que ocorreram dentro da residência da jornalista Ana Alves, filha da senadora Maria do Carmo. Nenhum dos pertences foi encontrado com o suspeito.

Os delitos foram noticiados à polícia em 27 de setembro de 2021, em boletim de ocorrência prestado pela vítima. O infrator, que havia fugido desde o registro do fato, foi localizado nesta manhã, na cidade de Nossa Senhora do Socorro, após investigações feitas pela 4ª DM, com auxílio da Divisão de Inteligência da Polícia Civil (Dipol).

Segundo as investigações, Roberto Santos tinha livre acesso ao apartamento de Ana Alves, e se aproveitou da circunstância para realizar os crimes.

A vítima contabiliza que o prejuízo decorrente dos furtos foi de R$ 300 mil. De acordo com o suspeito, as ações delituosas aconteceram entre os meses de junho e agosto deste ano e, logo após, os pertences furtados foram vendidos. Ele não quis revelar a identificação do comprador, mas as investigações já apontam algumas pessoas que possam ter comprado os objetos.

“O furto foi noticiado tempos depois da efetiva subtração e o material produto do crime ele é facilmente transformado. Assim sendo, ele pode ter repassado essas joias, que foram derretidas e transformadas em outras joias. Então, aí está a nossa dificuldade de identificar precisamente e recuperar as peças que foram subtraídas”, informou a delegada Carina Rezende, titular da 4a DM.

Ainda segundo a delegada, a polícia terá agora o prazo de 10 dias para a conclusão do inquérito, período em que serão continuadas as diligências, para identificar possíveis envolvidos no furto e outras pessoas que tenham adquirido as joias.

Fonte: SSP/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais