Polícia prende quadrilha em Lagarto

0

Operação foi realizada por policiais de Itabaiana em conjunto com a delegacia de Lagarto
Uma operação conjunta entre os delegados de Itabaiana, Osvaldo Rezende, e de Lagarto, Jorge Eduardo, conseguiu prender na tarde desta terça-feira, 31, uma quadrilha que estava causando terror em Sergipe, assaltando, estuprando e assassinando.  Foram três homens e duas mulheres, entre eles, Sérgio de Jesus Batista, conhecido como “Urtiga”, foragido da polícia de São Paulo. Houve troca de tiros e ele está internado no Hospital de Urgência João Alves Filho (Huse). Essa foi a mesma quadrilha que assaltou uma propriedade rural do desembargador Luis Mendonça, no município de Carira.

De acordo com o delegado de Itabaiana, Osvaldo Rezende, que esteve à frente da operação, desde janeiro, está no encalço de “urtiga” e seus comparsas.  “Essa é a segunda troca de tiros entre a polícia e Sérgio Batista. A primeira ocorreu na Bahia. Ele é muito perigoso, inclusive ontem no momento da prisão em Lagarto, ele tentava fugir pelo telhado de uma residência e estava portando duas pistolas ponto 40”, ressalta Dr. Osvaldo Rezende.

O delegado disse ainda que “urtiga”, é acusado por diversos roubos, estupros, tráfico de drogas, homicídios, latrocínios.  “E para completar, ele estava portando documento de identidade falso, em nome de Jorge”, complementa Osvaldo Rezende.

Com os criminosos, a polícia encontrou duas escopetas, três revólveres calibre 38 e mais duas pistolas. De acordo com informações da assessoria de Comunicação da Secretaria de Segurança Pública, em uma destas invasões, a mulher do policial foi abusada sexualmente, o que é uma marca da quadrilha, que agia com violência.

O grupo também era especializado em roubar motocicletas em vários pontos do interior de Sergipe. Mais detalhes serão apresentados  em entrevista coletiva com a imprensa, com hora ainda indefinida.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais