Polícia prende sete e procura foragido

0

Quadrilha tem ficha policial extensa Fotos: Portal Infonet
Na manhã desta quarta-feira, 7, a polícia conseguiu desarticular uma quadrilha especializada em praticar assaltos a bancos e agências dos Correios no Estado de Sergipe. Todos os sete presos possuem uma vasta folha criminal, com diversas passagens pela polícia. As prisões foram fruto de investigações do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), Delegacia Regional de Itabaiana e Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol).

Os presos foram identificados como Nildo Macedo da Silva (Bida), Evanildo dos Santos Nascimento (Mago), Marcelo de Lima Silva (Cabeça), Erivaldo Pereira de Souza Silva (Ninja), Carlos Vanderson Vieira dos Santos (sete facadas), Wilton Nogueira (Boy) e Rita Alves de Góis.

Policiais que participaram da investigação contaram os detalhes
De acordo com a polícia, as prisões foram efetuadas em vários municípios sergipanos como Nossa Senhora do Socorro, Areia Branca, Itabaiana e Lagarto. O delegado do Cope, André Baronto, destaca que parte da quadrilha foi presa quando se preparava para realizar um assalto a uma agência bancária do município de Lagarto. “O assalto seria realizado na segunda-feira [5], inclusive dois homens, o Cabeça e o Ninja, foram recrutados de Alagoas pelo Mago para praticar esse assalto”, confirma.

O delegado de Itabaiana, Fábio Pereira, ressalta que para tentar confundir a polícia na identificação dos criminosos, a quadrilha mudava o modo de operação.

Dos presos dois participaram do assalto que terminou na morte de escrivão
“Eles ficavam se alternando durante os crimes, a quadrilha se alternava convocando outros criminosos para praticar os assaltos. Para tentar fugir da polícia eles praticavam o assalto de moto e passavam o dinheiro para um carro”, conta o delegado salientando que a mulher presa articulava os assaltos que eram realizados pela quadrilha.

“Rita morava em Lagarto e tinha como função na quadrilha passar todas as movimentações de horários dos malotes que chegavam e saiam dos bancos”, diz Fábio Pereira.

Questionado sobre a possibilidade de envolvimento de algum funcionário das agências assaltadas, o delegado descartou a

A quadrilha portava armamento de uso restrito da polícia
possibilidade e disse que a quadrilha agia sozinha.

Fragilidade

O delegado do Cope, Thiago Leandro, falou sobre a fragilidade na segurança das agências dos Correios. “A fragilidade existe, mas não é somente nas agências dos Correios. Existe a fragilidade nos pontos baneses e casas lotéricas. Não há um investimento em segurança, não existem portas giratórias. Não é possível colocar um policial para fazer essa segurança, então as instituições têm que investir em segurança”, enfatiza.

Foragido

Com a desarticulação da quadrilha a polícia conseguiu desvendar o homicídio do escrivão Flávio

Foragido: polícia pede que população ligue para 181
Santos de Oliveira Matos, de 29 anos. O delegado André Baronto afirma que ‘Bida’ e ‘Sete Facadas’ participaram do assalto a agência dos Correios do município de Frei Paulo, realizado no dia 22 do mês passado. Além dos dois bandidos, outro homem identificado como Edson Alcântara Santana, conhecido como ‘Ercinho’, de 24 anos, também participou do crime que terminou na morte do escrivão, mas continua foragido.

“Sabemos que os três estavam no assalto, mas ainda não sabemos quem fez o disparo que matou nosso escrivão, mas a polícia está empenhada e peço a ajuda da população que ligue para o Disque Denúncia através do 184 para ajudar a polícia a encontrar o ‘Ercinho’ para que esse crime seja elucidado”, pede o superintende da Polícia Civil, João Batista mencionando que os dois homens presos acusam Ercinho de ter atirado no escrivão.

Apreensões

Com as prisões, a polícia conseguiu apreender nove armas de fogo, sendo seis pistolas e três revólveres. Uma das pistolas apreendidas era de uso restrito da polícia e pode ter sido utilizada no assassinato do escrivão de polícia, Flávio Santos de Oliveira Matos.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais