Polícia realiza maior apreensão de maconha do ano

0

Os 60 quilos de maconha foram a maior apreensão do ano / Foto:Portal Infonet
Na tarde desta segunda-feira, 28, uma operação reuniu 36 policiais da Rádio Patrulha (RP), Grupamento Especial Tático de Motos (Getam), Grupamento Tático Aéreo (GTA) e do Comando de Operações Especiais (COE) para uma mega operação que resultou na maior apreensão de maconha do ano em Sergipe. 

Os cerca de 60 quilos de maconha foram localizados em um terreno no loteamento Marivan, zona sul da capital. De acordo com o comandante de policiamento da capital, coronel Iunes, a apreensão foi possível graças ao trabalho de investigação da polícia e denúncias anônimas.

“Estamos realizando um trabalho incansável para tirar de

A operação movimentou as principais vias da capital onde o suspeito foi transportado / Foto:Portal Infonet
circulação todos os envolvidos com o tráfico de entorpecentes no Estado. Essa apreensão é resultado de um trabalho conjunto entre as policias. É bom ressaltar que a polícia está fazendo o seu trabalho, mas a gente prende e depois essas pessoas são soltas”, afirma Iunes.

A operação movimentou as principais vias de acesso da capital sergipana até o Denarc, localizado no bairro Getúlio Vargas. A droga foi levada de helicóptero. A polícia utilizou a quadra de um colégio próximo ao departamento para descarregar a apreensão.

Prisão

O suspeito disse apenas que guardava a droga / Foto:Portal Infonet
Durante a operação foi preso Cristiano dos Santos, de 26 anos. Segundo o coronel Iunes, o suspeito disse apenas que recebia a droga todas as segundas-feiras, mas não informou quem a repassava. A informação da polícia é de que o suspeito já foi preso por tráfico de drogas. Além da droga, foram apreendidos uma balança de precisão, armas e cerca de um quilo de crack. 

O delegado do Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc), Flávio Albuquerque explicou que na manhã desta terça-feira, 29, fará um pedido ao Juiz de plantonista para que a droga seja incinerada ainda esta semana.

“Vamos lavrar o fragrante e passar a droga para a perícia,  logo após vamos entrar

A maconha foi transportada de helicoptero / Foto:Portal Infonet
com um pedido ao Juiz de plantão para que a droga seja incinerada. Ainda não sabemos se o Juiz dará o pedido por conta do recesso da Justiça. Mas vamos aguardar a liberação para incinerar a droga o quanto antes”, conta o delegado.

Quanto ao preso, Flávio Albuquerque explicou que ele será encaminhado a uma delegacia da capital.

Por Kátia Susanna



Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais