Polícia realiza operação em São Cristóvão

0

Antônio Moreira foi preso acusado de tráfico de drogas (Foto:Portal Infonet)

Moradores da São Cristóvão amanheceram vigiados na manhã dessa sexta-feira, 13. Tudo por conta da operação denominada ‘São Cristóvão Vigiada’, que contou com a participação de equipes da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), Departamento de Narcóticos (Denarc) e Polícia Militar.

Operação

A operação começou por volta das 4h da manhã no conjunto Eduardo Gomes, Tijuquinha, Rosa Elze e adjacências. De acordo com o delegado do Denarc, Osvaldo Resende, nove mandados de Busca e apreensão foram expedidos. “Na verdade essa operação é uma campanha preventiva, onde distribuímos panfletos para que a população possa ficar alerta e que possa contribuir com o trabalho da polícia

Maconha e cocaína foram encontradas na casa do acusado (Foto:Portal Infonet)

através de denúncias”, explica o delegado.

Durante a operação a polícia apreendeu três espingardas, um revólver calibre 38, aparelhos celulares e certa quantidade de droga. “Essa droga ainda será pesada, mas acredito que seja cerca de 1 kg de maconha e 150g de cocaína”, revela a delegada coordenadora do Denarc, Aliete Melo.

Apreensão

A equipe do Portal Infonet acompanhou com exclusividade o momento em que uma das equipes da polícia realizou a apreensão das drogas. Após uma denúncia a equipe chegou ao endereço de Antônio Moreira de Jesus

Galos de briga foram encontrados dentre da residência (Foto: Portal Infonet)

, que já foi preso no Estado de São Paulo por porte ilegal de arma. “Vamos realizar uma busca por toda a residência na tentativa de encontrar alguma arma, já que encontramos duas munições”, explica Resende.

No momento da abordagem policial, o padrasto de Antônio, identificado como Cloves, tentou esconder um saco de maconha em cima do telhado. “Eu fiquei assustado com a polícia, mas não tenho nada com isso. Sempre dei conselho a esse menino, e agora estou aqui desse jeito”, lamentava o homem.

Animais

Na residência de Antônio a polícia ainda encontrou sete galos, que eram mantidos presos separadament,e e três cachorros

Polícia trabalhou com ajuda de cães(Foto:Portal Infonet)

Pitbus. “Certamente esses são galos de briga, mas a polícia ambiental só poderia fazer a apreensão caso aqui se caracterizasse uma rinha de briga”, esclarece o delegado.

Com a ajuda de cães a polícia ainda encontrou dentro da residência, pacotes de cocaína. Toda a área foi revistada, mas nenhuma arma foi encontrada dentro da casa de Antônio

O acusado foi encaminhado até a sede do Denarc e de acordo com o delegado Osvaldo Resende, ele responderá ao crime de tráfico de drogas. “Nó encontramos também uma quantidade de chumbinho, e esses animais presos, o que caracteriza maus tratos. Tudo isso fará parte do inquérito” relata.

Por Alcione Martins e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais