Policiais civis ameaçam parar parte das atividades

0
Categoria quer o pagamento dos salários até o sexto dia útil de cada mês (Foto: arquivo Portal Infonet)

Os policiais civis de Sergipe podem parar parte das atividades a partir desta quinta-feira, 8. A paralisação parcial é uma forma que a categoria encontrou para protestar contra o atraso no pagamento dos salários.

Em nota, o presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Sergipe (Sinpol), João Alexandre Menezes, explicou que na última assembleia da categoria ficou decidido que as paralisações seriam realizadas caso o Governo do Estado não pagasse os salários até o sexto dia útil de cada mês.

Caso ocorra a paralisação, os policiais civis somente vão desempenhar atividades emergenciais, como confecção de autos de prisão em flagrante, expedição de guias para exames de IML (em vivos e mortos), boletins de ocorrências de crimes de natureza grave (lesões corporais graves, estupros, roubos e furtos de veículos) e termos de ocorrência circunstanciados.

O Governo do Estado informou ao Portal Infonet que até a sexta-feira, 9, vai anunciar o calendário de pagamento dos servidores.

Por Verlane Estácio

Comentários