Policiais Civis lotam a Plantonista durante ato

0
Uma reunião está agendada com o governador no dia 25 (Foto: Portal Infonet)

Policiais Civis do Estado que estão em greve [desde o dia 20] estiveram concentrados neste sábado, 22, na Delegacia Plantonista. O ato faz parte de um calendário de luta aprovado pela categoria em assembleia.

As reivindicações da categoria são pela promoção automática de todos os cargos, reajuste linear de 2014, além da regularização funcional de cerca de 45 servidores civis e que segundo o Sindicato, estão há quase 30 anos na militância policial, mas ainda não foram reconhecidos policiais civis.

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Sergipe (Sinpol), Antônio Moraes, diz que aguarda uma posição efetiva por parte do governo. “A depender do que for conversado com o governador, vamos encaminhar para a suspensão da greve. Esperamos que o governador se sensibilize, porque já recuamos, enxugamos a pauta que era grande, percebendo que temos até 7 de abril para negociar, então a nossa parte já fizemos e espero que todos os itens sejam aprovados”, pede Moraes.

Antônio Moraes aguarda um posicionamento do governo 

Indagado quanto ao efetivo disponível para atender a população, Antônio Moraes garante que os 30% estão sendo respeitados. “Essa greve é legal e tanto foi comunicada à superintendência e a Secretaria que a própria superintendência enviou para o email dos policiais civis uma recomendação. Estamos trabalhando com 30% e alguns locais têm até mais 50%, e porque a situação de precariedade  do efetivo é tão grande que com a greve se agrava”, garante.

Reunião

A reunião que estava agendada com o governador Jackson Barreto (PMDB) na próxima quinta-feira, 27, foi antecipada para a próxima terça-feira, 25, às 11h no Palácio de Veraneio.

Após a reunião, os policiais farão uma assembleia geral a partir das 15h na Academia de Polícia Civil (Acadepol) para definir pela continuidade ou não da greve.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários