Policiais Militares começam a negociar com o Governo

0

Cúpula da SSP recebeu os representantes da categoria
Durou quase três horas a primeira reunião entre as associações dos Policiais Militares e a cúpula da Segurança Pública do Estado. Este encontro marcou o início das negociações entre os militares e o Governo. Ao final, ambas as partes saíram otimistas e confiantes de que haverá um acordo positivo ao final deste processo.

Um dos representantes das Associações Unidas, capitão Samuel, afirmou que a conversa foi bastante positiva. “É uma alegria muito grande ter a negociação restabelecida. Esse foi um passo muito importante para a categoria”. Ele disse que não pode definir prazo para o fim das conversas, “até porque tem alguns pontos que são um pouco complicados”, acrescentou.

Cap. Samuel (à esquerda) está confiante com retorno das negociações
O secretário de Segurança Pública, Kércio Pinto, afirmou que serão discutidos ponto a ponto do que foi apresentado pela categoria. “Recebemos hoje a proposta que servirá de base para as negociações. Esse é apenas um caminho para chegarmos ao ideal ou próximo ao ideal”, declarou.

Dentre as propostas apresentadas pela Associações Unidas, estão: a definição de carga horária de 40 horas semanais, nível superior para acesso e tabela de recomposição salarial. Os Policiais Militares propõem que o salário seja compatível com o da policia civil, atualmente a base salarial da categoria é de R$ 2700. A próxima rodada da mesa de negociação com os militares acontece no dia 16.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais