Policiais militares fazem caminhada pelo Centro

0

Policiais se concentraram na Praça da Bandeira (Fotos: Portal Infonet)

Categoria saiu em caminhada pelo Centro, passando pelo Quartel Central da PM

Edgard Menezes: "Não queremos só sopa, mas carne também"

Capitão Samuel: "Sozinho não consigo nada"

Policiais militares realizaram um ato na Praça da Bandeira e uma caminhada pelas ruas do Centro Comercial. A categoria reivindica reposição salarial, os militares lutam pela Lei de Fixação de Efetivo, Lei de Organização Básica (LOB), carga horária de 30 horas semanais e nível superior para quem está ingressando na PM.

“Estamos lutando ainda pelo reajuste linear. Não estamos fazendo um pedido de aumento, mas que o Governo repasse a inflação, pois a categoria perdeu o poder de compra. Não queremos só sopa, mas carne também”, ressalta o sargento Edgard Menezes, fazendo referência à declaração do governador Jackson Barreto, semana passada lembrando de trecho de musica em que destaca ‘nem vem de garfo, que hoje é dia de sopa’.

De acordo com ele, está marcada uma reunião para esta quinta-feira, 10h, com o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, João Augusto Gama, na sede da Seplag. “Esse é um governo que recebe, mas não concretiza”, lamenta Edgard Menezes.

Durante o ato, o deputado Capitão Samuel Barreto (PSL), chamou a atenção da categoria para a continuidade da luta. “Temos somente até o dia 6 de abril para conseguirmos aprovar a nossa pauta de reivindicações. Sozinho eu não posso manter a pauta trancada na Assembleia, sozinho eu não consigo lutar. Se tivéssemos 30% do efetivo aqui nesse movimento, tínhamos 1. 500 policiais nessa caminhada. Nós só avançaremos na luta que deve ser continuada”, enfatiza Capitão Samuel.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais