Policiais penais vão debater regulamentação da nova carreira em SE

0
O policial penal é responsável por manter a ordem e disciplina no interior das unidades prisionais, bem como no âmbito externo (Foto: Ascom/Sejuc)

Integrantes do Sindicato dos Policiais Penais de Sergipe (Sindppen) se preparam para a votação no início da tarde desta sexta-feira, 13, da minuta referente à regulamentação da carreira de Polícia Penal. Segundo o presidente do Sindppen, Wesley Alves de Souza, a tendência é que a minuta seja aprovada, já que a sua elaboração contou com a participação da ampla maioria dos associados do sindicato. A Assembleia Geral será realizada na sede da Escola de Gestão Penitenciária de Sergipe (Egesp).

“Esse estágio em que estamos representa uma grande conquista da categoria. Depois de 4 meses de discussão, finalmente avançamos para termos uma categoria unida e com um grande respaldo jurídico”, salienta Wesley. O presidente do Sinddpen explica que, em março deste ano, o Governo de Sergipe enviou à Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) um projeto de lei para criar a categoria da Polícia Penal.

Wesley Alves, presidente do Sindppen (Foto: Ascom/TCE)

“Esse projeto foi aprovado na Casa Legislativa em duas sessões, como manda o regimento interno. Depois da aprovação, começamos a trabalhar na regulamentação, ou seja, no conjunto das normas que irão reger a categoria. O fruto desse trabalho é a minuta que iremos levar nesta tarde para apreciação e votação dos associados ao sindicato”, explica Wesley.

Ainda segundo ele, com a aprovação da minuta, o texto será enviado ao Governo de Sergipe para que se possa fazer um projeto de lei a ser enviado novamente à Alese e, por fim, regulamentar oficialmente a Polícia Penal. “Estamos confiantes que iremos sair vitoriosos. O Governo foi muito atencioso com a nossa reivindicação”, diz Wesley. “Com a aprovação do projeto de lei, Sergipe será o 8º estado da federação a reconhecer a categoria e o 3º do nordeste. Pernambuco e Maranhão já oficializaram, digamos, a profissão”, acrescenta Wesley.

por João Paulo Schneider 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais