Policial Federal é preso suspeito do crime de extorsão

0
As investigações começaram no ano de 2015

Na segunda-feira, 26, foi realizado o cumprimento de um mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo da 2° Vara Federal da Comarca de Aracaju contra um agente de policia federal lotado na Superintendência Regional da Policia Federal em Sergipe.

O agente federal é natural do estado de Pernambuco e estava lotado nesta Superintendência a cerca de 10 anos.

Segundo o DPF Robert Nunes, responsável pelas investigações, o preso teria sido contratado por um empresário para realizar a cobrança de uma dívida, utilizando-se do cargo ocupado na Polícia Federal para realizar essa cobrança mediante ameaças, o que caracterizou a prática do crime de extorsão, disposto no artigo 158, paragrafo primeiro do Código Penal Brasileiro, com pena prevista de reclusão de quatro a dez anos, podendo ser aumentado até a metade, e multa.

As investigações começaram no ano de 2015, quando uma vítima procurou a Policia Civil para denunciar que estava sendo extorquida por um policial federal. Porém, por se tratar de um agente federal que se valia do cargo para realizar a extorsão, o procedimento passou a ser presidido pela Polícia Federal.

Além do cumprimento do mandado de prisão, foram cumpridos também mandados de busca e apreensão na residência do preso bem como no armário do mesmo que fica localizado nesta SR, ocasião em que foi encontrada uma arma de fogo sem registro e, por isso, o preso também responderá pelo crime de porte ilegal de arma de fogo, crime disposto no artigo 12 da lei 10.826/2003, com pena prevista de detenção, de um a três anos, e multa.

Fonte e Foto: Polícia Federal em Sergipe

Comentários