Políticos sergipanos lamentam morte de Brizola

0

O ex-governador e ex-candidato à presidência do Brasil, Leonel Brizola, faleceu ontem aos 82 anos. A causa da morte foi um infarto do miocárdio. Vários políticos locais lamentaram a morte de Brizola, considerado por muitos um símbolo da resistência do trabalhador brasileiro. João Fontes e Almeida Lima, por exemplo, dizem que a morte de Leonel causa um vazio na classe política do país. Almeida Lima completou dizendo que foi uma surpresa para todos o falecimento do ex-governador. Segundo ele, o presidente do PDT não apresentava nenhum sinal de debilidade: “há aproximadamente 15 dias, mantivemos com ele uma reunião aqui em Brasília, inclusive sobre a questão do salário mínimo. Na ocasião, ele apresentava muita energia e lucidez”. “O Brasil perde um de seus grandes vultos que marcou a história de nosso país na segunda parte do século passado pela sua bravura e amor ao Brasil. Leonel foi um homem que deixou lições. Ele já havia entrado na história em vida e tenho certeza absoluta que todos os historiadores e escritores, se retratarão a ele. Leonel deixará uma grande lição e um grande legado pela sua experiência de vida e de luta pela defesa das instituições democráticas e do trabalhador brasileiro”, informou Almeida.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais