Poluição ocasionou a morte de peixes no Rio Piauí, diz secretário

(Foto: Sema de Estância)

A poluição hídrica do Rio Piauí, no município de Estância, foi o que causou a morte dos peixes, que foram encontrado às margens do rio nessa quinta-feira, 3. A informação é do secretário de Meio Ambiente do município, Joubert Denner.

Segundo Denner, a causa da mortandade dos animais foi identificada a partir do levantamento da quantidade de oxigênio que continha na água, o que constatou um nível muito baixo da substância.

“O levantamento que nós fizemos foi um parâmetro chamado oxigênio dissolvido, que deu muito baixo. Inclusive, muito abaixo da normativa que regula esse tipo de parâmetro para manter a proteção da vida. Então, o indicativo, quando o oxigênio está muito baixo, é que há grande quantidade de decomposição e diminuição do oxigênio na água. Então, a primeira indicação é de que há uma carga grande matéria orgânica na água que fez esse oxigênio dissolvido diminuir. Por isso, a gente entende que é poluição”, explicou o secretário.

O secretário disse ainda que, apesar de ter concluído que a morte dos peixes tenha sido causada por poluição, outros aspectos não estão descartados, como a possibilidade da incidência de veneno na água e de carreamento de defensivo agrícola nesse período de chuva, ou algo do tipo.

De acordo com Denner, agora o município, em conjunto com o Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) e com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), irá investigar para identificar os responsáveis pelo crime ambiental.

Por Luana Maria e Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais