Ponto de aglomeração, Cinelândia ficará sob monitoramento no feriadão

0
Praias estarão no centro das fiscalizações no fim de semana (Foto: Ilustrativa/Marcio Dantas/ASN)

Com os principais espaços públicos liberados para uso, assim como bares e restaurantes, o feriadão que se aproxima tem alertado as autoridades para a possibilidade de aglomeração e descumprimento de medidas sanitárias. No último final de semana, por exemplo, a Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec) já observou uma série de aglomerações pela capital, principalmente em áreas como a Passarela do Caranguejo e Praia da Cinelândia.

“Nesse final de semana, notadamente no domingo, percebemos aglomeração na Orla, ali na Passarela do Caranguejo. A pandemia não acabou, a flexibilização não significa liberação geral. É preciso evitar aglomerações, usar máscaras, higienizar as mãos e manter distanciamento”, alertou o secretário Luís Fernando Almeida. Segundo a Semdec, os seus órgãos operacionais continuarão “atuando para inibir o descumprimento das medidas de biossegurança, necessárias à redução de risco de contágio pelo novo coronavírus”, avisa.

Ainda segundo Luís, os órgãos têm orientado as pessoas para que se afastem, evitem aglomeração, e pede a contribuição da população. “Não é guerra entre poder público e população. Estamos orientando, pedindo para separar, mas a população tem que lutar no mesmo sentido. A guerra é contra o Coronavírus, e não entre nós. São meses nesse enfrentamento e precisamos continuar. Os números estão diminuindo, mas a população tem que continuar fazendo sua parte”, frisa.

PM

Quem também intensificará a atuação no feriadão será a Polícia Militar. De acordo com o coronel Neto, a partir desta quinta-feira, 3, policiais já ocuparão o Farol do Augusto Franco para evitar novas aglomerações, como as observadas no primeiro fim de semana após reabertura dos bares. Segundo Neto, a Orla também terá prioridade. “São localidades com constante aglomeração e estaremos presentes nesses locais com uma Operação”, afirma. A CPTran também estará atuando com a Operação Lei Seca.

Por Ícaro Novaes

Comentários