Populares realizaram quebra-quebra na SRT

0

Populares invadiram a delegacia querendo mais senhas
Na manhã dessa segunda-feira, 21, populares realizaram um tumulto, reivindicando atendimento na Superintendência Regional do Trabalho (SRT). Mais de oitenta pessoas ficaram na porta do órgão na tentativa de receber senhas para serem atendidas.

Algumas pessoas, revoltadas com a situação, realizaram um quebra-quebra dentro da Delegacia do Trabalho. “Eles estavam em greve durante dois meses, será que não estão descansados?”, questionou o pescador José Ferreira da Silva, 44 anos, que há quatro dias tenta dar entrada no seguro-defeso.

O pescador também acusou funcionários de vender senhas no valor de R$ 50, para as pessoas que não conseguiram pegar. “Eu acordei foi quatro horas da manhã e cheguei aqui bem cedo. Eles dizem que não tem mais senha, mas lá dentro tinha um homem vendendo por cinqüenta reais, isso é um desrespeito!”, desabafou José ferreira.

Balcão foi quebrado por populares inconformados com a situação
Durante a confusão, a funcionária Selma Andrade, chefe de setor informou que por determinação da superintendente todos deveriam ser atendidos. “Nós entregamos diariamente 130 senhas, mas hoje iremos realizar um mutirão e atenderemos a todos”, informou Selma.

Após algumas horas de manifestação, as pessoas se organizaram em filas e ficaram esperando o recebimento das senhas. “Vou ficar aqui até ser atendida. Já voltei três vezes para casa semana passada, hoje só volto quando consegui dar entrada na minha carteira de trabalho”, relatou a jovem desempregada Sandra da Silva.

Por Alcione Martins e Carla Sousa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais