Porto Dantas vai receber mutirão de combate à dengue neste sábado, 15

0
(Foto: SMS)

Por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a Prefeitura de Aracaju já realizou mais de 427 mil visitas, e continua com ações de combate ao Aedes aegypti em toda cidade para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika. Amanhã, dia 15, o mutirão será no bairro Porto D’antas, a partir das 8h, tendo como ponto de partida da equipe a Unidade Básica de Saúde (UBS) Eunice Barbosa.

Em Aracaju, do início do ano até agora, foram notificados 997 casos de dengue, 770 chikungunya, e 27 de zika. Segundo a Vigilância Epidemiológica, os bairros com maiores notificações são: Olaria, Bugio, Porto D’Antas, Cidade Nova, Santos Dumont, Industrial, Jardim Centenário, Santo Antônio, Santos Dumont, 18 do Forte, Luzia, Suissa, e Getúlio Vargas.

De acordo com o gerente do Programa de Controle do Aedes aegypti da SMS, Jeferson Santana, ocorreu uma ligeira alta dos números de notificações e alguns surtos centralizados. “A escolha do bairro Porto D´antas foi feita de acordo com o levantamento dos casos notificados. Essa localidade apresenta 61 casos notificados de dengue, 33 casos de chikungunya, e nenhum de zika. Dessa forma, as ações desenvolvidas se tornam mais necessárias, e o apoio da população é fundamental”, explica o gerente do Programa.

Ação Intersetorial
O mutirão contará com apoio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) e da Secretaria do Meio Ambiente. Ainda segundo Jeferson Santana, a atuação da SMS é embasada em orientação, identificação e eliminação.

“Diante da nova realidade de distanciamento social por conta do novo coronavírus, o trabalho dos agentes de endemias no combate ao Aedes aegypti foi modificado. Por medida de segurança, por conta da covid-19, estamos realizando a orientação sem entrar nas residências e essa estratégia de educação e saúde tem como principal ator a população, que é fundamental para o sucesso desse trabalho, evitando a proliferação do mosquito”, enfatiza.

Programação da próxima semana
Na próxima segunda-feira, 17, o fumacê costal ocorre no bairro Olaria. Na terça e quarta-feira, dias 18 e 19, no bairro Jardim Centenário, e no dia 20 bairro América. A aplicação do fumacê costal é realizada por duplas de agentes, que atuam entre quatro e sete quarteirões, sempre no horário entre as 17h e 19h, que é o horário em que ocorre uma maior movimentação vetorial do mosquito. É importante destacar que a aplicação do fumacê não diminui a responsabilidade do cidadão, que precisa ficar atento ao acúmulo de água em casa.

Dados
Os bairros incluídos no cronograma da próxima semana são locais onde se há registro de infestação do mosquito e que, historicamente, preocupam pelo número de casos. “O bairro Olaria apresenta 54 casos notificados de dengue, 30 casos de chikungunya e um de zika. Já o bairro Jardim Centenário, apresenta 45 casos notificados de dengue, 21 casos de chikungunya, e nenhum caso de zika. E o bairro América apresenta 34 casos notificados de dengue, 12 casos de chikungunya, e nenhum caso de zika. Dessa forma, as ações desenvolvidas se tornam mais necessárias, e o apoio da população é fundamental”, enfatiza.

Colaboração da população
Jeferson reforça que devido à reformulação da abordagem das equipes, a atuação dos agentes se baseia na orientação sobre como a população pode identificar e eliminar possíveis focos. E nesse período de pandemia e distanciamento social, a colaboração de todos é fundamental.

“Orientamos o morador a fazer uma busca detalhada no imóvel para que, numa possível identificação de algo de risco, ele possa fazer o controle. A mudança entre sol e chuva geralmente leva ao acúmulo de água, daí é importante que o morador perceba essa característica desse depósito e elimine”, afirma.

 

Fonte: AAN 

Comentários