Praça do Minigolfe está sendo reformada

0

(Foto: Alejandro Zambrana)
Localizada no bairro São José, em frente ao rio Sergipe, a Praça Getúlio Vargas, popularmente conhecida como Praça do Minigolfe, está sendo revitalizada pela Prefeitura de Aracaju. O projeto pretende ampliar a área urbanizada, otimizando a utilização do espaço e garantindo melhorias que contemplem moradores, trabalhadores e estudantes que circulam diariamente pelo local.

A obra começou esta semana e deve ser concluída em dezembro deste ano. O investimento é de R$ 144 mil.

A praça ganhará mais 348,4 m², totalizando 2.403,35 m² de área. Para isso, será realizado o fechamento da rua Duque de Caxias, que, segundo estudos realizados pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), é uma via subutilizada, com fluxo de veículos muito pequeno. O movimento de pessoas na praça, ao contrário, é intenso por conta da proximidade da avenida Ivo do Prado, considerada um dos principais corredores de ônibus da cidade.

De acordo com a arquiteta da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), Angélica Rocha, responsável pelo projeto de reurbanização, ao contrário do que algumas pessoas vêm afirmando, a praça não dará lugar a um estacionamento.

“A reforma não pretende reduzir o espaço da praça para a construção de um estacionamento para a OAB. O real objetivo do projeto é ampliar o espaço da praça e integrá-la ao antigo casarão localizado ao lado, que está sendo restaurado. Isso vai ajudar no contexto urbanístico e embelezar ainda mais a praça, transformando-a em um importante cartão postal da cidade”, explica.

História

Ainda segundo a arquiteta, a reforma não irá interferir nos elementos históricos da praça. Justamente para valorizá-los, será instalado na praça um memorial com painéis de fotos antigas, iluminação cênica e paisagismo. Também será realizada a restauração do busto de Getúlio Vargas e do primeiro abrigo de ônibus de Aracaju, antigo ponto de bonde, construído em 1939.

“Depois da restauração da ‘Mansão dos Rollemberg”, futura sede da OAB, e da reurbanização da praça, será formado um conjunto arquitetônico e urbanístico de grande valor para a cidade de Aracaju”, reforça Angélica Rocha.

Fonte: AAN

Comentários