Prefeito da Barra sanciona lei para pagamento de auxílio emergencial

0
O auxílio terá a duração de três meses, no valor de R$ 200 reais (Foto: Prefeitura da Barra dos Coqueiros)

O prefeito de Barra dos Coqueiros, Alberto Macedo, sancionou na última quarta-feira, 9, a Lei Municipal de Auxílio Emergencial Cidadão (n° 1032/2021).

“Essa lei é de caráter temporário e visa promover o acesso à alimentação das pessoas em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar e nutricional, que pertençam às categorias atingidas pela pandemia da covid19 previstas nesta Lei. O auxílio terá a duração de três meses, no valor de R$ 200 reais. Para pagar esse benefício vamos utilizar aproximadamente R$ 150 mil reais de recursos próprios”, explica o prefeito Alberto Macedo.

Podem receber o ‘Auxílio Emergencial Cidadão’ profissionais autônomos e ambulantes do segmento de bares e restaurantes (localizados nas praias do Município), artesãos, músicos, motoristas e os autônomos ligados às atividades que tiveram o seu funcionamento restrito ou suspenso por força do Decreto Municipal.

Esses profissionais devem estar inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico. Além disso, o responsável familiar deve comprovar renda per capita igual ou inferior a um quarto do salário-mínimo (ou seja, R$ 261,25). “A família não pode estar recebendo nenhum outro benefício similar e deve residir no município de Barra dos Coqueiros. Esse programa será supervisionado pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Em breve disponibilizaremos as datas para que cada categoria realize o cadastro”, acrescenta Alberto Macedo.

Fonte: Prefeitura da Barra dos Coqueiros

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais