Prefeito se reúne com representantes do Motu

0

Reunião ocorreu na tarde de quarta, 19
O prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Fábio Henrique, se reuniu na tarde de ontem, na sede da prefeitura, com representantes do Movimento Organizado dos Trabalhadores Urbanos (Motu), com o objetivo de ouvir as demandas da caegoria. Na ocasião, os dirigentes entregaram ao prefeito a relação das famílias que ainda resistem no local.

De posse da lista, a prefeitura fará uma análise social das famílias a fim de evitar que aproveitadores sejam beneficiados com possíveis moradias. “Recebemos uma relação com os nomes de pessoas que ainda ocupam a área e com essa relação vamos conflitar com o Cadastro Único do governo federal (Cad), para depois incluir no Cadastro Único do município”, disse Fábio Henrique.

“Quero deixar bem claro que nós somos contra as ocupações irregulares, exatamente para evitar o surgimento de loteamentos sem nenhuma infra-estrutura”, explicou o prefeito, ao esclarecer que a prefeitura não tem área para a construção de moradias, nem recurso para construir um conjunto habitacional.  “Além disso, se essa ocupação fosse em área do município, nós entraríamos com a reintegração de posse”, afirmou o prefeito. Fábio Henrique também deixou claro que estará à disposição do Motu para dialogar com o governo do estado uma possível solução para o problema.

Para o representante movimento, Marcos Simões, a reunião foi bastante produtiva. “Gostamos muito do diálogo aberto com a prefeitura de Socorro e esperamos abrir esse canal de comunicação com o governo do estado também. Hoje existem 287 famílias que realmente necessitam de moradia na área do Albano Franco. Somente do município de Socorro são 70 famílias” disse.

Projetos Habitacionais

Devido às ocupações irregulares surgidas ao longo dos anos, o município de Nossa Senhora do Socorro está realizando alguns projetos habitacionais em parceria com o governo federal e governo do estado. No loteamento Novo Horizonte, por exemplo, serão investidos mais de R$ 21 milhões através do programa “Pró-Moradia”.

No loteamento Itacanema, situado no conjunto Jardim, já estão sendo construídas 263 casas, que vai retirar famílias de situadas em zona de risco. No Palmares será construído um “Bairro Modelo”, com a construção de 90 residências e total infra-estrutura. O governo do estado também doou à prefeitura de Socorro áreas para a construção do conjunto dos Radialistas e dos Agentes de Saúde.

Fonte: Ascom Socorro

Comentários