Prefeitura de Aracaju anuncia concurso público

0

O edital do concurso ainda será elaborado / Foto: Lízia Martins
O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, anunciou na manhã desta sexta-feira, 25, no auditório do Centro Administrativo, a realização de concurso público para a Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc). Serão 210 vagas, sendo 55 para o cargo de assistente social, 45 para psicólogos e 110 para educadores sociais.

O edital com informações sobre período de inscrição, requisitos, provas e salários será elaborado por uma comissão formada por funcionários de carreira da administração municipal. Esse é o primeiro concurso público da história da Prefeitura de Aracaju voltado à área de assistência social.

Segundo o prefeito Edvaldo Nogueira, o município não pode continuar prestando serviços à população através de instituições contratadas. “Precisávamos construir no município a carreira do assistente social, do psicólogo e do educador social. E eu tenho orgulho de realizar o primeiro concurso nessa área que vai suprir a necessidade da Secretaria de Assistência Social”, disse.

Atualmente o quadro no município conta apenas com 10 assistentes sociais. Os novos cargos vão ampliar e qualificar os serviços prestados a pessoas de todas as idades, desde a criança até a mulher que sofre violência doméstica. “O educador social não basta apenas saber cadastrar uma mãe no programa Bolsa Família. Ele precisa dar carinho, atenção e cuidar das famílias”, explicou Edvaldo.

Distribuição

Os profissionais aprovados atuarão em programas, projetos e serviços formalizados na Lei Orgânica da Assistência Social (Loas) e regulados pelo Sistema Único da Assistência Social (Suas).

Nos Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas) eles atenderão adolescentes em conflito com a lei; crianças, adolescentes e mulheres vítimas de violência, abuso e exploração sexual; idosos e deficientes vítimas de maus tratos; crianças e mulheres em regime de abrigamento. Também vão acolher a população em situação de rua.

Comentários