Prefeitura resgata oito animais em situação de vulnerabilidade

(Foto: Ascom Sema)

A Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema), resgatou nesta quarta-feira, 27, oito animais em situação de vulnerabilidade, sendo três fêmeas e cinco machos. A operação foi no bairro Mosqueiro, zona Sul da capital, e teve a participação da Guarda Municipal de Aracaju.

Os animais foram encaminhados à clínica credenciada ao programa Aju Animal, desenvolvido há mais de um ano. No local, receberão atendimento veterinário, serão castrados e microchipados. Depois, seguem para lares temporários, onde devem permanecer até que ocorra a adoção responsável.
Segundo o secretário do Meio Ambiente de Aracaju, Alan Lemos, essas ações ocorrem de forma constante na capital sergipana. “A Sema recebeu a denúncia de que animais estavam amedrontando a população local. De imediato, acionamos a equipe do Aju Animal e também a Guarda Municipal de Aracaju. Fomos à região e fizemos o resgate desses animais para tranquilizar a população e também para resguardá-los”, informou.
De acordo com a coordenadora do Aju Animal, Anne Carollyne, esses animais são dóceis e precisam ser bem tratados. “Eles não estavam em grupo no momento da captura. Isso significa que eles possuem temperamento dócil e tranquilo. Quando ficam em grupo,  criam o comportamento de matilha, sendo guiados por um cão dominante. Não foi o caso. Agora, eles receberão os cuidados devidos”, explicou.
Aju Animal
O programa Aju Animal é voltado à proteção e ao cuidado de cães e gatos que vivem em situação de vulnerabilidade nas ruas ou que estão em lares temporários de Aracaju. A iniciativa da Prefeitura é estruturada em quatro eixos – castração, saúde animal, lares temporários e apoio à adoção.
Prioritário da atual gestão, desde que foi lançado em novembro de 2022, o programa já retirou das ruas 260 animais. Todos foram encaminhados a lares temporários.

 

Fonte: Prefeitura de Aracaju 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais