Presa acusada de aplicar golpe usando empresa de comércio eletrônico

0
Cheques e produtos apreendidos (Foto: BPTur)

Uma mulher foi presa na noite da quinta-feira, 12, em Aracaju, acusada de aplicar golpes a pessoas que anunciavam a venda de produtos em uma empresa de comércio eletrônico. Para aplicar o golpe, conforme informações do tenente-coronel Eduardo Brandão, comandante do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), a acusada utilizava o espaço de um shopping center, onde as transações eram realizadas entre ela e os vendedores.

Os policiais militares da Força Tática do BPTur foram acionados com a informação de que a acusada observava os produtos que eram colocados à vendas e teria marcado vários encontros com as vítimas depois de fazer contato através dos anúncios divulgados no site da empresa de comércio eletrônico. Ela adquiria os produtos e o pagamento sempre era feito através de cheques. “As vítimas só descobriam o golpe no momento da compensação dos cheques”, informou o tenente-coronel Brandão.

Com a acusada, os policiais apreenderam R$ 12 mil em cheques nominais às vítimas e que estavam armazenados em um envelope e também alguns produtos que ela já tinha adquirido. A acusada foi detida no estacionamento do shopping e cerca de nove pessoas se apresentaram como prováveis vítimas daquela noite. Essas pessoas, conforme o tenente-coronel Brandão, estavam no local para entregar à acusada relógios, iPhones, drones e vídeo-games e receberiam os cheques como forma de pagamento.

A acusada e os produtos apreendidos, além das vítimas, foram encaminhadas para a Central de Flagrantes. A Polícia Civil dará sequência à investigação ao suposto crime de estelionato.

por Cassia Santana

Comentários