Presa quadrilha que tentaria resgatar presos no Compajaf

0

Ao todo são sete homens e duas mulheres (Fotos: Portal Infonet)

A polícia civil e militar prenderam nove integrantes de uma quadrilha que pretendiam fazer o resgate de dois presos custodiados no Complexo Penitenciário Advogado Antônio Jacinto Filho (Compajaf), no bairro Santa Maria.

Segundo a polícia, a invasão à unidade prisional estava programada para esta semana e a quadrilha pretendia resgatar os internos Juliano Viana da Silva e Cícero Ferreira da Silva, ambos detidos no Compajaf. Dentre os detidos, estão duas mulheres que eram casadas com os internos custodiados no Santa Maria.

De acordo com o delegado Flávio Albuquerque do Complexo de Operações Especiais (Cope), a polícia chegou até os suspeitos após uma abordagem de rotina realizada pela Companhia de Turismo. “Sete pessoas foram abordadas na orla, estavam próximo ao um veículo uno, próximo a um cash em atitude suspeita e os policiais resolveram abordar e como eles não tinham identificação e eram do estado de alagoas, era possível que alguns deles fossem fugitivo e careceria de maiores investigações. Foram levados a delegacia de turismo que imediatamente repassou para o Cope. Quando o caso veio para o cope, juntamente com o Coe passamos a identificar essas pessoas”, conta.

Armamento e munições foram encontradas na residência do grupo

Foram detidos pela polícia Manuela da Conceição Nunes, Maria Betânia do nascimento, José Wilson dos Santos, Cícero dos Santos Filho, Genilson Santos Vieira, Anderson Vanderlei Gomes, Maxwell Firmino da Silva e dois adolescentes menores de idade.

Questionado pela reportagem do Portal Infonet se uma tentativa de fuga realizada dia 19 de abril no Compajaf teria alguma relação com a quadrilha, o delegado Flávio Albuquerque garante que sim.

“É possível sim que os disparos tenham sido proferidos por essa quadrilha porque elas também tinham como forma de atuação aguardar que os internos conseguissem serrar as grades e os disparos feitos eram para indicar que estavam em posição para que casos eles conseguissem sair teriam um apoio logístico de fuga”, confirma o delegado.

Cicero Ferreira da Silva e…

Outra forma de atuação da quadrilha, descoberta pela polícia, seria resgatar os presos quando eles fossem para as audiências ou até mesmo invadir o próprio presídio. O grupo ainda alugou um imóvel no bairro Santa Maria, onde foram encontrados cinco armas de fogo, munição e capuzes.

Por Aisla Vasconcelos

Juliano Viana da Silva seriam resgatados

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais