Presidente da Celi comenta que acha preço da ponte justo

0

Luciano Barreto
O empresário Luciano Barreto afirmou ontem, dia 26, que o governo de Sergipe estaria pagando “um preço absolutamente correto” pelas obras da ponte Aracaju-Barra dos Coqueiros. Segundo o empresário e dono da construtoras Celi, “na minha visão, o preço está até abaixo de outras pontes construídas no Brasil com projetos semelhantes”. No caso, a licitação para a obra foi vencida pela goiana Emsa.

 

Luciano disse que o processo licitatório foi feito dentro dos mais rigorosos critérios, o que dirime qualquer dúvida a respeito do valor da construção. Segundo o empresário, “qualquer preço abaixo do que foi contratado é inviável”. O dono da Celi participou da licitação através de um consórcio formado por mais três empresas: a portuguesa Somague, a Galvão Engenharia e  a Construtora Paulista.

 

No caso do seu consórcio, o orçamento foi de aproximadamente R$ 107 milhões, cerca de R$ 8 milhões acima do preço apresentado pela empresa que ganhou a concorrência. De acordo com o conselheiro Carlos Alberto Sobral, do Tribunal de Contas do Estado: “o valor da obra estimado pelo edital foi de R$ 130 milhões e a proposta vencedora foi de R$ 99 milhões. Então o preço que o Estado está pagando é mais do que justo”.

 

“A ocorrência foi intensa, com a participação de quinze consórcios, o que contribuiu para que se alcançasse esse valor vantajoso para o Estado, dentro da variação entre o menor e o maior preço permitida pela Lei das Licitações”, comentou o conselheiro.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais