Presidente Edilson Souza do Sindipen sofre atentado

0

Edilson Souza não foi atingido pelos disparos (Foto: Arquivo Infonet)

O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Sergipe (Sindipen), Edílson Souza, sofreu atentados entre a noite da última terça-feira, 20, e a madrugada desta terça-feira, 21. A primeira tentativa ocorreu nas proximidades do supermercado G. Barbosa no bairro Santo Antônio.

Mesmo bastante abalado, o presidente do Sindipen, Edilson Souza aceitou conversar com a equipe do Portal Infonet. De acordo com ele, o primeiro atentado ocorreu no momento em que ele se deslocava até a sua residência. “Eu passava a pé pelo supermercado do Santo Antônio porque ia para casa, quando por volta das 22h30 [dia 20] um homem de moto passou e fez disparos em minha direção. Para me salvar, me abaixei e ainda tive que rolar pelo chão e tentar me livrar dos tiros. Em seguida liguei para os colegas que me trouxeram para o sindicato”, conta.

Ao permanecer no sindicato, na madrugada desta quarta-feira, 21, dois homens foram até a sede do Sindipen e fez mais disparos contra ele na sede do sindicato. “Fiquei aqui e entre 1h e 3h da manhã de hoje, dois homens de moto ranger uma de cor preta e outra cinza chegaram e eu estava sentado na área. Um deles ainda gritou seu 'agente safado' e fez os disparos. Tive que correr para dentro para não ser atingido”, acredita.

Por sorte, Edilson Souza não foi atingido e conseguiu escapar da tentativa de homicídio. Por ainda estar em estado de choque, Edilson Souza não prestou um Boletim de Ocorrência (BO). Até o momento não há informações sobre quem teria tentado contra a vida do sindicalista.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais