Presídio do Santa Maria passa por vistoria do Conselho da Comunidade

0

Os integrantes do Conselho da Comunidade da Vara de Execuções Penais (CCEP) realizaram na manhã desta sexta-feira, 21, uma visita ao Complexo Penitenciário Adv. Antonio Jacinto Filho (Compajaf). Após a vistoria os conselheiros irão elaborar um relatório que deve ficar pronto em meados de setembro e será entregue ao juiz responsávele pela Vara de Execuções Penais. 

Esta é a primeira visita de uma série que o grupo irá realizar em todas as unidades penitenciárias do Estado até o final do ano. “Vamos começar pelo presídio do Santa Maria por ele ser novo e por que nós ainda não o conhecemos”, explicou o presidente do CCEP, Carlos Antônio de Magalhães, o Magal da Pastoral. 
CCEP agendou para esta sexta a visita
Durante a visita serão feitas entrevistas com os detentos e direção da unidade e verificadas as isntalações.

A imprensa não pode acompanhar a vistoria e por pouco também os conselheiros não puderam entrar na unidade. A direção alegou que a visita estava agendada para dia 25, próxima terça-feira, e não para esta sexta-feira. Mesmo assim permitiu a entrada dos conselheiros. 

Dentre as denúncias que os conselheiros devem verificar estão os possíveis maus-tratos sofridos pelos presos. A defensora e membro do CCEP, Maria Aparecida Filgueira revela que um dos seus assistidos na unidade conseguiu permissão para ser transferido por conta de denúncias desta natureza. 
Diretor do Compajaf nega denúncias de maus-tratos

O diretor do Compajaf, Antonio Ricardo Manhães, ressaltou a importância da visita e disse que foi surpresa para ele já que ele não esperava que fosse ocorrer hoje. Mesmo assim ressaltou a importância da ação, no sentido de “verificar como os presos estão sendo tratados e para rebater essas denúncias de maus-tratos”.








Comentários