Preso acusado de executar fuga a interno da 5ª DM

0
Dupla presa (Foto: reprodução/ Portal Infonet)

Foram presos por policiais do Departamento de Narcóticos (Denarc), Batalhão de Choque e Comando de Operações Especiais (COE), Oseias Pereira dos Santos e Thiago José Caetano da Mota.

Oseias Pereira é o líder de uma quadrilha composta por cinco homens e o responsável de executar a fuga de Thiago José no dia 7 de abril, onde o mesmo se encontrava custodiado na carceragem da 5ª Delegacia Metropolitana situada no conjunto João Alves Filho em Nossa Senhora do Socorro.

Durante a ação da quadrilha, um agente de polícia foi agredido pelo grupo. A dupla foi detida na última quinta-feira, 25, quando estava em frente à residência da ex-companheira de Oseias, situado no conjunto Piabeta.

Foram apreendidos uma pistola, maconha e uma espada

De acordo com o delegado Marcelo Cardoso, diretor do Denarc, após tomarem conhecimento de que a dupla estaria em uma outra localidade, os policias foram tentar prende-los. “Ontem a gente recebeu a informação de que ambos saíram dessa localidade e a gente acabou encontrando eles na Piabeta fazendo a sua prisão. No momento da sua prisão, Thiago apenas citou que durante a fuga da 5ª DM ele apenas visualizou cinco pessoas no resgate, já o Oseias infelizmente não quis colaborar e se negou a falar”, informa.

As investigações continuam na tentativa de identificar os demais integrantes da quadrilha. “Já temos alguns nomes que nós identificamos e agora é só pedir a sua prisão”, afirma Marcelo Cardoso.

Na residência dos acusados situado na rua São Matheus no loteamento Novo Horizonte no Marcos Freire III, foram apreendidos uma pistola calibre 380, uma espingarda calibre 12, cerca de cinco quilos de maconha em tabletes e uma espada.

Por Aisla Vasconcelos

Delegado Marcelo Cardoso detalhou aprisão

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais