Preso casal envolvido em crime na Praça do S. Campos

0

Casal participou de vingança que terminou com homicídio e feridos (Fotos: Portal Infonet)

O Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) apresentou na manhã desta segunda-feira, 15, dois dos quatro envolvidos em uma ação que terminou com uma pessoa morta e outras duas feridas. O fato foi registrado na última quinta-feira, 15, na praça Dom José Thomaz, no bairro Siqueira Campos.

As investigações apontaram que a ação foi planejada pelos irmãos Rafael Natan Campos Santos, 21, Tony Santos Rodrigues (Tuí), 25, Diego Santos Rodrigues, 27, e sua companheira Camila Rodrigues da Silva, 26.  “O grupo queria vingar um atentado sofrido por um primo deles, que tem um trailer na Praça Dom José Thomaz, onde segundo informações, há um intenso tráfico de drogas. A informação que temos é que as vítimas estavam envolvidas nesse atentado e que os três irmãos foram retaliar”, explica o delegado Mário Leony.

De acordo com o delegado, Rafael e Tony, que estão foragidos, estavam em uma moto Honda CB 300, enquanto Diego e Camila estavam em um veículo Gol. Os dois homens teriam atirado contra Jonathas Andrade da Silva Júnior e outra pessoa, cujo nome a polícia ainda não quer divulgar. “Tony e Rafael estavam armados e foram os executores dos disparos. Eles alvejaram Jonathas, que morreu na hora, e o parceiro dele, que mesmo ferido nas pernas e nádegas, conseguiu escapar pulando na carroceria de uma saveiro que passava naquele momento”, explica o delegado.

O delegado Mário Leony deu detalhes do crime

Mário Leony explica que neste momento, a vítima passou a ser perseguida pelo casal, Diego e Camila, que estava no gol. “Ele passou a ser perseguido e na avenida Osvaldo Aranha, pulou da carroceira do veículo. O casal tentou atropelá-lo, e mais uma vez ele escapou. Diego e Camila atropelaram um senhor que é vendedor de picolé e passava pelo local”, detalha o delegado.

Os três irmãos tem passagem pela polícia. Rafael e Tony são ex-presidiários e têm envolvimento com tráfico e roubo. Já Diego, quando adolescente, foi apreendido por envolvimento com o homicídio de Ventinha, que foi vereador de Nossa Senhora do Socorro.

Segundo o delegado, o veículo usado por Diego e Camila, um gol de placa MUN – 4469, é fruto de um roubo ocorrido em novembro de 2014, no bairro Jabotiana. “Diego ainda arrancou as placas do veículo e jogou fora, mas os populares informaram o local onde as placas estavam. Na consulta, batia um outro gol, em nome de Camila, também com restrição de roubo e furto. O veículo foi apreendido e na vistoria, foi verificado que o chassi e a placa eram de outro automóvel idêntico, que foi roubado no bairro Jabotiana”, revela Mário Leony.

Diego Santos já foi apreendido por causa de envolvimento com o homicídio de Ventinha

O casal não confessou o crime, mas a polícia não tem dúvidas sobre a participação deles. "Estamos mais do que convencidos de que eles estão envolvidos nesse crime e que a intenção era executar as duas vitimas", finaliza o delegado.

Diego ficará custodiado na 2ª Delegacia Metropoliana e Camila será encaminhada o Presídio Feminino.

Por Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais