Preso em Roraima investigado por golpes de R$ 1,5 milhão em Lagarto

Preso em Roraima investigado por golpes de R$ 1,5 milhão em Lagarto em ação conjunta (Foto: SSP/SE)

Em ação conjunta entre a Polícia Civil de Sergipe e a Polícia Federal, um homem investigado por golpes que somaram prejuízo de R$ 1,5 milhão em Lagarto foi preso em Pacaraima (RR). Após a prisão foram cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços do investigado em Lagarto. A ação policial foi divulgada nesta sexta-feira, 5.

A investigação foi conduzida pela Divisão de Crimes Patrimoniais de Lagarto. De acordo com o delegado Bruno Alcântara, a apuração policial teve início após o relato de uma vítima.

“A vítima narrou que teria entregue inúmeras joias para serem vendidas pelo suspeito, que se apropriou das joias”, especificou o delegado responsável pela investigação.

Ainda conforme Bruno Alcântara, o preso também é suspeito de fazer várias negociações em Lagarto, Simão Dias e Aracaju. “Sempre emitindo cheques sem provisão de fundos”, informou.

Na apuração do caso, a unidade policial identificou ainda que o investigado fazia compras de veículos, imóveis e bovinos. “E sempre emitia cheques sem provisão de fundos, ameaçando os credores com arma de fogo na tentativa de não fazer a quitação dos débitos”, revelou Bruno Alcântara.

Com a prisão em Roraima, já na região norte do país, o investigado passou por audiência de custódia e segue à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que eventuais vítimas do investigado procurem a Delegacia Regional de Lagarto para o registro do boletim de ocorrência. Informações também podem ser repassadas à polícia por meio do Disque-Denúncia, no telefone 181.

Fonte: SSP/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais