Preso homem que matou vítima a pedradas no rosto

0
(Foto: Ascom SSP/SE)

Policiais civis da 3ª Divisão do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), sob o comando do delegado Antônio Sérgio Araújo Pinto, deram cumprimento na manhã desta quinta-feira, 23, ao mandado de prisão preventiva expedido contra Elisson Alves da Silva, 24 anos, conhecido como "Nico".

Segundo a polícia, Elisson na companhia de seu irmão Elton Alves da Silva assassinaram no dia 6 de abril deste ano Júlio César Lima Rosa. "A vítima e os irmãos estavam bebendo na casa de Elton juntamente com as esposas de Elton e da vítima. O crime aconteceu no bairro Santa Maria, em Aracaju", destacou Antônio Sérgio.

Ainda segundo o delegado, na porta da casa da vítima, Elton passou a agredir a sua esposa, sendo que Júlio ao intervir foi barbaramente espancado pelos irmãos, sofrendo golpes com uma pedra de cerca de 10 quilos que atingiu seu rosto e causou-lhe a morte imediata.

A dupla ainda perseguiu a esposa da vítima para tentar matá-la, porém não obtiveram êxito. "O irmão de Elisson, Elton, havia sido preso no dia 24 de abril deste ano e Elisson encontrava-se foragido desde o dia do crime", destacou o delegado.

Após informações repassadas pelo Disque-Denúncia (181), onde informava que o investigado estaria baleado após trocar tiros com desafetos e estaria em algum hospital da capital, os agentes passaram a diligenciar, localizando Elisson no Hospital de Urgências de Sergipe (HUSE). Ele utilizava o nome falso de Alisson Alves da Silva. Elisson confessou sua participação no homicídio, inclusive relatando ter desferido as pedradas contra a vítima.

Fonte: Ascom SSP/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais