Presos gêmeos acusados de chefiar organização criminosa

0

Diego e Diogo Bonfim eram os principais alvos da investigação que durou cerca de oito meses (Foto: SSP)

A Secretaria de Segurança Pública divulgou a foto dos irmãos gêmeos presos durante a Operação Geminus, deflagrada nesta quinta-feira, 25 em Riachuelo. Diego e Diogo Bonfim eram os principais alvos da investigação que durou cerca de oito meses.

Até o momento, 21 pessoas foram presas e armas de fogo drogas e munições, apreendidas. os alvos são acusados de integrar organização criminosa responsável pela prática de diversos crimes, entre eles, homicídios e tráfico de drogas no município de Riachuelo e região do Baixo Cotinguiba.

Um total de 100 policiais civis participam da operação. O efetivo é composto por delegados e agentes do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE), Departamento de Narcóticos (Denarc), Grupo Especial de Repressão e Busca (GERB), delegacias do interior, sob a coordenação da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (COPCI) e Coordenadoria de Polícia Civil da Capital (COPCAL), para o cumprimento de 22 mandados  de prisão e 24 de busca e apreensão.

Participam também da operação equipes da Polícia Militar do município de Riachuelo, da Companhia Independente da PM de Laranjeiras e do Grupamento Tático Aéreo (GTA). Mais detalhes da operação serão repassados no decorrer dos trabalhos.

Com informações da SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais