Presos no Ceará assaltantes de banco que agiram em SE

0
Abimael e Josephy(Foto: Reinaldo Gasparoni)

A Secretaria de Segurança Pública, por conta de uma operação que envolveu o Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), Comando de Operações Especiais (COE), Divisão de Inteligência Policial (Dipol)  com apoio da polícia cearense, prendeu em Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza, Abimael da Silva Borges, o ‘Mael’, 24 anos, e Josephy Stuarty Santana,  39. Eles são acusados de assaltar no dia 5 de abril de 2013 um carro-forte que abastecia o Banco do Estado de Sergipe (Banese), do bairro Santo Antônio, e agência do Banco Itaú, da avenida Hermes Fontes, no dia 09 de abril.

No dia seguinte ao assalto do Banco Itaú, a polícia sergipana prendeu Dalmo dos Santos Souza, 38 anos, líder e motorista da quadrilha, e efetuou a apreensão do filho dele, um adolescente de 16 anos, responsável pela segurança dos comparsas. Na data do fato, também foram apreendidos coletes balísticos, parte do dinheiro do assalto e material usado no preparo de drogas.

De acordo com o diretor do Cope, delegado Flávio Albuquerque, Dalmo atua no mundo do tráfico de drogas. “Devido à repressão da polícia ao tráfico de drogas, Dalmo se viu obrigado a migrar a atuação criminosa e se consorciou com outros criminosos do ramo de assaltos a banco com o intuito de se capitalizar para comprar mais drogas”, ressaltou.

Com a prisão de Dalmo, Mael e Stuarty acabaram fugindo para o Ceará onde acabaram presos no último sábado, 4, em uma casa de veraneio na Prainha, na cidade de Aquiraz, em uma ação integrada entre policiais civis e militares de Sergipe e do Ceará. Após coordenadas passadas pelo Dipol (SE), os agentes efetuaram cerco à casa, que passou a ser alvo de vigilância até o momento em que houve a invasão tática das equipes policiais.

Segundo o comandante geral da Polícia Militar, coronel Maurício Iunes, Mael e Stuarty já eram procurados no Estado do Ceará, acusados de praticar assaltos a carro-forte, joalherias e grandes lojas do setor de eletrodomésticos. O último crime da dupla foi praticado na manhã do dia 29 de abril, no qual a quadrilha teria levado um malote com cerca de R$ 200 mil, dinheiro que ia abastecer os caixas eletrônicos da agência do Banco do Nordeste (BNB) daquela metrópole.

Cel. Maurício Iunes, Comandante geral da PM/SE | Foto: Reinaldo GasparoniNas filmagens do assalto, Abimael Borges é visto no momento em que rende um dos vigilantes da agência, enquanto seus comparsas mantêm outros reféns sob a mira de armas. O grupo utilizou-se do mesmo modus operandi realizado no assalto aos malotes do Banese, em Sergipe. “Abimael é conhecido da polícia nordestina. No Ceará, além dos roubos que praticou ele também é responsável por matar dois policiais. Já Stuarty tem um longo histórico criminal em Sergipe, tendo condenações que ultrapassam os 50 anos de prisão”, destacou Albuquerque.

Abimael já havia sido preso pela polícia sergipana em 2007, quando integrava uma quadrilha responsável por crimes de pistolagem, roubo e tráfico nos estados de Sergipe, Alagoas e Ceará. Na época, a gangue era liderada por José Carlos Pereira, o "Carlinhos Arapiraca". Já o Stuarty, tem registro, desde 1999, nos sistemas criminais do estado de Sergipe, por crimes como roubo e posse ilegal de armas.

O coronel Iunes enfatizou que a polícia sergipana continuará trabalhando neste caso, pois ainda há criminosos consorciados a essa quadrilha para serem presos.

Fonte: Ascom SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais