PRF registra sete acidentes nas BRs

0
Agentes recuperam moto roubada (Fotos: PRF/SE)

Na última segunda-feira, 27, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendeu a sete acidentes nas BRs de Sergipe. Treze veículos se envolveram nos acidentes, cinco pessoas ficaram feridas e não houve registro de mortes. Foram fiscalizados 95 veículos dos quais nove foram retidos por irregularidades, três usuários das rodovias receberam auxílio das viaturas em ronda, dois veículos foram recuperados e 59 multas de trânsito foram aplicadas.

Ocorrências

Na BR 101 a PRF recuperou dois veículos roubados. Em um deles o condutor portava uma documentação falsa roubada do Detran/SP. O primeiro veículo foi recuperado no período da tarde no Km 5 da BR 235, em Nossa Senhora do Socorro. Os agentes federais faziam o trabalho de ronda quando deram ordem de parada ao veículo GM/Celta, placa CZU 3946/SP.

Durante a fiscalização, a equipe PRF descobriu que o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) apresentado pelo condutor foi furtado do Detran/SP. Além disso, os policiais também constataram através da verificação da numeração do chassi e de consulta ao banco de dados utilizado pela PRF que o veículo possuía registro de roubo e furto. O condutor Vagner Batista Pinheiro, de 40 anos, juntamente com o veículo e sua documentação, foi encaminhado à Delegacia Plantonista em Aracaju.

o veículo foi recuperado no Km 5 da BR 235, em Nossa Senhora do Socorro

No Km 34 da BR 101, em Malhada dos Bois, os agentes federais deram ordem de parada a uma motocicleta Honda/CG 125, sem placa. Durante a fiscalização, a equipe PRF descobriu também através de uma consulta ao banco de dados que a motocicleta era roubada. O condutor José Amintas Santos Andrade também transportava uma roda aro 17 de liga leve sem origem comprovada. Ele foi detido e encaminhado à Delegacia de Policia Civil em Capela.

Lei Seca

Um condutor foi detido no Km 23 da BR 101, no posto PRF de Malhada dos Bois. Os agentes federais fiscalizavam o veículo e perceberam que o motorista apresentava visíveis sinais de embriaguez alcoólica. Foi solicitado ao condutor que fizesse o teste com o etilômetro e os policiais constataram que o teor alcoólico no organismo dele estava acima do limite permitido por lei (0,41 mg/l respectivamente). Ele foi detido, teve a CNH apreendida e conforme Lei 11.705 (Lei Seca) vai ter o direito de dirigir suspenso, além de pagar multa de R$ 957,70.

Com informações da PRF/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais