Prisões e apreensão de drogas marcam fim de semana em Aracaju

0
Drogas apreendidas durante operações policiais (Fotos: PM)

Prisões de suspeitos por envolvimento com furtos, tráfico de drogas e até por dirigir sob influência de bebias alcoólicas marcaram o final de semana em Aracaju. De acordo com informações da Polícia Militar de Sergipe, foram realizadas diversas operações policiais em diferentes locais na capital, que resultaram também na prisão de três pessoas acusadas por desacato a autoridade.

Equipamentos eletrônicos, celulares e arma também são apreendidos

As ações tiveram início na madrugada do sábado, 15, e encerradas na madrugada desta segunda-feira, 17. Conforme registros da Polícia Militar, 11 pessoas foram autuadas por condução de veículo sob efeito de bebidas alcoólicas. A Companhia de Policiamento de Trânsito (Cptran) registrou 10 acidentes, com oito vítimas feridas e sem ocorrência de óbitos na capital sergipana. Nestas operações, vários aparelhos de telefone celular e armas de fogo foram apreendidas.

Tráfico

Logo nos primeiros momentos das operações, os policiais militares do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha localizaram 16 embalagens contendo cocaína que estavam dentro de um veículo, cujo condutor acabou preso. Com ele, os policiais também encontraram R$ 112,00, que também foi apreendido e, na Central de Flagrantes, ficou constado que o veículo conduzido pelo suspeito apresentava restrição por roubo e furto.

No Bairro São Conrado, na Rua da Independência, aconteceu outra prisão por tráfico ilícito de drogas. A equipe da PM suspeitou de um homem, que conduzia um Fiat Uno Vivace. Na abordagem, os policiais encontraram uma balança de precisão e 1,5 quilo de cocaína. O suspeito afirmou que o material seria distribuído na região.

Já no domingo, 16, no Bairro Jardins, uma mulher recebeu voz de prisão após desacatar e agredir policiais militares, que estavam na localidade, contendo uma confusão na área. Todas as pessoas localizadas em situação suspeita foram encaminhadas à Central de Flagrantes, onde a Polícia Civil realizou os procedimentos inerentes a cada situação.

 

por Cassia Santana

 

 

Comentários