Processo de implantação de tornozeleiras quase concluído

0
Medida visa reduzir a superlotação nos presídios (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejuc) informou na tarde desta segunda-feira, 20 que o processo para a aquisição das tornozeleiras eletrônicas, que serão utilizadas para monitorar detentos que cumprem pena no regime semiaberto, está praticamente concluído.

De acordo com a assessoria de Comunicação da Sejuc, as secretarias de Justiça de Sergipe e de Alagoas estão chegando a um denominador  comum , para que a compra das tornozeleiras eletrônicas seja feita mediante Termo de Adesão e não mais pelo processo licitatório.

“Como esse processo por cessão já vem sendo feito em várias partes do país, a Secretaria de Justiça de Sergipe está entrando em consenso com a Secretaria de Justiça de Alagoas, para que adquiram as tornozeleiras eletrônicas e cedam para o Estado de Sergipe, que já está com todo o procedimento quase concluído, inclusive o dinheiro em caixa”, informa a Secom.

Cerca de 400 tornozeleiras deverão ser instaladas em presos com a finalidade de monitoramento, a exemplo do que já vem acontecendo em outros países e em várias partes do Brasil, com a finalidade de reduzir o problema da superlotação nos presídios.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais