Professor de Ed. Física é baleado dentro de escola

0

Fato ocorreu nesta escola no bairro Industrial (Fotos: Verlane Estácio/Infonet)

Professor estava na sala de aula quando os dois alunos entraram discutindo

Professor José Freitas prestou socorro ao professor Edilson

Diretora relata que alunos não tinham histórico de violência dentro da escola

Um professor de educação física foi baleado na noite desta segunda-feira, 1º, dentro da sala de aula do Colégio Estadual Augusto Ferraz, localizada no bairro Industrial. A informação repassada pela Secretaria de Estado da Educação (Seed) é que Edilson Oliveira Silva preparava-se para realizar a chamada, quando dois alunos, que estavam em discussão supostamente por torcidas organizadas, entraram na sala. Um deles estava armado e tentou atirar no outro, mas o disparo acidentalmente atingiu o professor.

O professor Edilson foi atingido no abdômen e levado ao Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) pelo professor João Freitas Júnior que havia acabado de chegar no local. “Eu tinha acabado de chegar quando ouvi os tiros. De repente, vi os dois alunos saíram correndo e os demais pedindo socorro, foi quando prestei os primeiros socorros”, descreve.

De acordo com a diretora da unidade de ensino, Kátia Santos, os meninos, que tem 15 e 16 anos, não possuem histórico de violência na escola. A diretora destaca que a escola irá colaborar com a polícia e oferecer através da Seed, toda a assistência social e psicológica aos alunos e suas famílias.“Eles são alunos da casa e nós daremos todo o apoio social e psicológico que eles necessitarem, inclusive para as famílias, que estão muito abaladas, e para os demais alunos da escola", garante a diretora.

A escola não tem informação sobre o paradeiro dos alunos. Sobre o estado de saúde do professor Edilson, a informação da Seed é que a bala não atingiu nenhum orgão vital e que neste momento, ele passa por cirurgia para retirada do projétil.

Por Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais