Professores recusam-se a dar aulas em salas superlotadas

0

Professores de 5ª a 8ª série, do turno matutino, da Escola Municipal Olga Benário, localizada no bairro Santos Dumont, recusaram-se a entrar nas salas de aula desde a última quarta-feira, 13, deixando os alunos sem aula. Eles alegam turmas maiores do que determina a legislação.

Segundo a presidente do Sindicato dos Profissionais de Ensino do Município de Aracaju (Sindipema), Vera Oliveira, o motivo da paralisação é a superlotação das turmas matutinas da escola. “A situação no Olga Benário está insustentável. Não se pode exigir qualidade no ensino com salas tão cheias. Existe uma turma que possui 69 alunos quando por lei só é permitido 40 estudantes por sala”, argumenta.

Vera disse que a decisão de suspender as aulas partiu de uma reunião entre os professores das turmas em questão. Um documento solicitando providências para a situação foi encaminhado à coordenação da escola e ao Conselho Escolar, que devem comunicar o fato à Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Até o fechamento dessa matéria a Secretária da Semed, Teresa Cristina, não foi encontrada pelo Portal Infonet para se pronunciar sobre o fato.

Comentários