Professores rejeitam proposta do governo

0

Em greve há mais de uma semana, os professores da rede estadual de ensino decidiram continuar a greve e agora fazem um jejum de 48h na Assembléia Legislativa. A contra-proposta apresentada pela Secretaria Estadual de Educação oferecia um piso salaria de R$ 190 e mais 50% por regência de classe. Os professores não aceitaram a proposta e exigem um piso de cerca de R$ 220. Alguns professores acamparam na Assembléia Legislativa, com colchonetes, água e lençóis, para uma vigília, que começou ontem à noite e só deve terminar às 18h de amanhã.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais