Profissionais de educação física e de luta fazem novo ato em Aracaju

0
Profissionais fizeram novo ato (Fotos: Movimento Somos Essenciais)
Profissionais cobram detalhes da retomada das atividades

Profissionais de educação física, proprietários de academia e professores de luta se uniram nesta terça-feira, 18, para um novo ato. A categoria foi até o Palácio dos Despachos para cobrar o retorno das atividades e a criação de uma linha de crédito para aqueles que foram prejudicados com a pandemia da Covid-19.

“Além de cobrar a retomada das atividades, nós gostaríamos de ter acesso aos estudos epidemiológicos e econômicos citados pela SES recentemente que apontaram que as academias não se enquadravam nos critérios para fase inicial da retomada”, explica o professor Anderson Canela, presidente da Federação de Muay Thai e idealizador do movimento ‘Nós Somos Essenciais’.

De acordo com o professor Anderson, os profissionais também cobram a criação de uma linha de crédito específica. “Pedimos que o Governo faça uma ponte com o Banese para a liberação de uma linha de crédito para aqueles profissionais que estão correndo risco de fechar seus estabelecimentos e para os profissionais de educação física e luta que estão trabalhando de forma autônoma”, comenta.

Logo após o ato, os profissionais participaram de uma reunião com integrantes do Governo. Um novo encontro está marcado e terá como tema central os protocolos de segurança para as academias.

Governo de Sergipe

O superintendente de Comunicação do Governo de Sergipe, Givaldo Ricardo, disse que as academias estão inseridas na Fase Verde do Plano de Retomada que será debatida nos dias 26 e 27. Ainda segundo Givaldo, esses profissionais já apresentaram sugestões e participarão junto a SES da construção de protocolos sanitários necessários no período de retomada. Uma nova reunião deverá ocorrer nos próximos dias.

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais